"Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna". JoĆ£o 6, 68














 
                    

Quarta-feira, dia 17 de Fevereiro de 2010

Beato Lucas Belludi, religioso, presbĆ­tero, +1285

image Saber mais sobre os Santos do dia


Beato Lucas Belludi

Lucas Belludi, nasceu em Pádua, no seio de uma familia nobre e rica. Estudou na universidade de Pádua e era um homem muito culto.

Aos vinte anos ouve uma pregação de S. Francisco de Assis e sente-se de tal modo atraído pelo seu exemplo que  entra na ordem dos frades menores. Após o noviciado e uma vez professo, S. Francisco encaminha-o para o sacerdócio.

No verão de 1220, São Francisco de regresso do Oriente deteve-se em Pádua e junto à pequena igreja de Santa Maria de Aracella fez construir um pequeno convento para alguns de seus seguidores.

Ali entregou o hábito das damas pobres de Santa Clara à Beata Helena Enselmini e o hábito dos Irmãos Menores ao jovem sacerdote, Lucas Belludi.

Nesse lugar, Lucas viveu sete anos dedicados à mortificação e ao apostolado. Nesse tempo escreveu os seus Sermões, que se conservam em manuscritos.

Em 1227 encontra-se com Santo António de Lisboa, e desde então se tornam almas gémeas, tendo um só coração e uma só alma.

Nesse mesmo ano, Santo António foi eleito no Capítulo Geral, na Porciúncula, como Ministro Provincial e leva Lucas como seu companheiro na viagem para Roma.

Os dois participaram do Capítulo Geral, em Assis, em 1230, onde também participaram na transladação dos restos mortais de São Francisco de Assis, da Igreja de São Jorge para a nova Basílica.

De volta a Assis, em Camposanpietro, foram hospedados pelo conde Tiso, devido ao estado de saúde precário de Santo António. 
Para agravar a situação, Lucas quis transportá-lo para Pádua; porém, em Aracella teve de assistir à agonia do companheiro em 13 de junho de 1231.

Passados onze meses,  Santo António é canonizado por Gregório IX e Lucas teve parte importante 
na glorificação do seu mestre.

Entretanto, Ezelino II, verdugo e tirano, continuava a produzir vítimas inocentes. O Beato Lucas, ardente como o seu Mestre apesar da sua já avançada idade, reprovou as injustiças e delitos praticados por Ezelino, o qual ordenou: "Que Frei Lucas seja perdoado; porém, sua família será condenada ao desterro".

 E assim se fez. O Beato Lucas dormiu santamente no Senhor em 1285, tendo 90 anos de idade. Passou 65 anos ao serviço a Deus e aos irmãos em admirável espírito de dedicação.







 
©Evangelizo.org 2001-2017